31 julho 2008

in "Português Suave"



"A vida está cheia de tarefas inúteis. Apaixonarmo-nos pela pessoa errada é talvez a mais inútil de todas."


(...)


"Quando gosto de alguém, desenvolvo uma espécie de dom paranormal que me permite viajar dentro da cabeça da outra pessoa, É como se possuísse o mapa da sua alma; consigo ouvir-lhe os medos e adivinhar-lhe os sonhos. É um dom como outro qualquer. Não sou maga nem sibila, apenas tenho uma intuição infalível. E quanto mais gosto de alguém, mais eficaz se revela a minha intuição. Isso fascina as pessoas, ao mesmo tempo que as assusta."


(...)


"Apenas preciso de mais algum tempo para sair do labirinto, é só isso. Um dia destes dou um salto e livro-me dele para sempre. Mas primeiro, tenho de o limpar do meu sangue, da minha pele, das minhas memórias, da minha vida."


Margarida Rebelo Pinto

1 comentário:

Santy disse...

Realmente é uma escritora que admiro pela maneira simples como ela revela os nossos sentimentos. Adorei a primeira frase que citaste, realmente é o sentimento mais doloroso e que mais tarde nos faz arrepender pela volta que nos conseguiu dar à vida.