09 maio 2009

The Story.

Cada pessoa tem as suas próprias "histórias"! Cada uma delas tem que tomar decisões e isso, nem sempre ou quase sempre, agrada!

Eu aprendi que mesmo a pior das situações trás grandes benefícios no futuro (que nem sempre é próximo), que as coisas boas nos dão prazer e as menos boas nos ensinam a viver. Outra coisa importante, foi que para dar a volta a algumas situações, as pessoas não se podem iludir e achar que de um dia para o outro o mundo vai ser como queriam!

Um cliché, tão simples quanto verdadeiro, é que com o tempo tudo passa! O mundo não pára só porque nos sentimos cansados, só porque nos queremos trancar e não nada nem ninguém. Pudemos ser as melhores pessoas do mundo, ter as melhores atitudes com os outros, fazer tudo por eles, mas mesmo assim não recebemos aquilo que desejámos. As coisas vão-se recebendo a pouco e pouco, mas só nos tempos correctos.

Vi, em tempos, que uma pessoa que achámos ser perfeita, que nunca haverá ninguém como ela, muitos menos melhor que essa pessoa... vi que essa mesma pessoa pode não encaixar em parte nenhuma da nossa vida, que apenas esteve de passagem para um propósito qualquer. Uma pessoa pode-se iludir, mas, no fundo, sabemos sempre disso! Procurei um "não" e recebi um "talvez". De nada nos vale dizer/ouvir um "talvez". Na vida só devemos usar um "sim" ou um "não", não podem haver dúvidas a mais.

Porém, de nada serve ouvir as palavras dos outros e achar que devemos guiar-nos pela opinião dos outros ou pelas experiências dos outros. Eu aprendi que cada um aprende à sua maneira e com base nas consequências das suas próprias decisões!
Com base nisto, aos poucos, vou encontrando aquilo que sempre quis!

1 comentário:

Santy disse...

os erros de uns muitas vezes servem para ajudar muitos