23 junho 2010

Adopções sem juízo



Quando falo em adopções, refiro-me a adopções de animais. Há pessoas que 'ah que giro, quero um cão ou um gato' e depois já não o querem no dia seguinte, porque já não têm paciência! Já não é a primeira vez que falo aqui de algo do género!

Isto aconteceu ainda à pouco tempo com um cão que foi adoptado no mesmo dia que o meu pequenito. Este cãozinho tem apenas 6 meses de idade, ou seja, é uma 'criança' que só quer brincar. Tem uma pata partida, porque um homem deu-lhe um pontapé quando ele estava no canil. Ele já quando andava na antiga casa (os donos eram bêbedos e não lhe davam de comer) era muito independente. Quando foi para a nova casa em Braga, ele fugiu e foi para o exterior da casa e as pessoas não o apanham. Ele precisa URGENTEMENTE de voltar para o Porto, o que vai acontecer mal os 'ex-donos' de Braga o apanhem, para que seja adoptado rapidamente por alguém que tenha paciência e muito amor e brincadeira para dar ao pequenino e que o faça muito feliz!

Se souberem de alguém interessado, digam logo que darei o contacto do rapaz que está com a função de arranjar alguém RESPONSÁVEL que adopte este menino que já sofreu muito. Vamos torcer para que tenha melhor sorte da próxima vez!

1 comentário:

Criss disse...

Esta criatura teve a sorte desejada :) Tem finalmente um dono que o mime!