10 julho 2011

Optimus Alive'11


Pelo 4º ano consecutivo fui ao Alive. Já reconheço bem aquela poeira fofinha, o recinto e também o frio que se impõe mais ao fim da noite (é uma ventania!).
Até hoje, tenho tido a sorte de andar por vários concertos e festivais, desde os meus ricos 17 anos. Até já deixei por aqui um post sobre os que gostei mais até à altura (Agosto '09), qualquer dia tenho de fazer um novo. Acreditem ou não Coldplay não vai estar nessa lista. Foi um bom concerto? Foi, sim senhor! Foi brutal, superior ao esperado? Não!

Passo a explicar. Este ano andei mais pelo palco Super Bock onde devo fazer jus a Anna Calvi, tenho vindo a acompanhar a sua ascensão e digo mesmo que é uma senhora na qual se deve pôr os olhinhos (mas também é um estilo que nem todas as pessoas gostam).



Lá perdi Blondie (não me seduz muito) e quase no fim de Anna Calvi corri para Coldplay (eu para ver tenho de estar em bicos de pés e tenho). Ora bem, começou o fogo-de-artificio o concerto e... Setlist igual à dos últimos concertos TODOS da Europa; 'Olá Portugal' (há quem critique eles terem dito Lisboa e não Oeiras, toda gente, ou quase, dizem Lisboa, qual é o mal disso? Por favor! No marés vivas dizem Porto e aquilo é Gaia, são ambas as áreas metropolitanas...); não souberam absorver a energia do público; iam um pouco com o plano estudado e fizeram-no a rigor, não 'inovaram'; e, por fim, achei que acabavam melhor com a 'Fix you' pois toda gente a sabe... mas como também gosto da outra, é naquela...

Em Maio, fui ao coliseu do Porto ver The National e, ninguém aguentou 2 músicas sentados, foi BRUTAL, totalmente inesperada toda a setlist, estavam possuídos. Rock que é rock, é ser inesperado e louco. Coldplay não o fizeram e ter tido um concerto como The National antes pode ter influenciado ainda mais a minha opinião (eles até trocaram a setlist toda no coliseu de Lisboa).

Resumindo, espero que Coldplay volte em nome próprio (concertos são diferentes de festivais) e que surpreenda. Senão, volto desiludida para casa, apesar de gostar muito deles.

E deixo, a música que mais gostei em Coldplay:



5 comentários:

Dii* disse...

Vidinha boa a tua xD

mari disse...

quando criamos expectativas muito altas às vezes decepcionámos-nos, mas eu havia de ter gostado na mesma ;)

Mia disse...

Embora não tenha ido ao concerto, também andei a dar uma vista de olhos às anteriores setlists como tu bem sabes, e realmente acaba sempre por ser um pouco desmoralizante quando nos é servido um espectáculo tal e qual como estaria supostamente planeado. Ok, são os Coldplay, até eu no dia anterior ao concerto andei meia deprimida por não poder estar presente, e certamente q se fosse ia delirar, e ia gostar imenso. Mas pelo que ouvi pela longa chamada telefónica, realmente o senhor não prima muito pela interacção com o público, e começa por perder um pouco já por aí.. e o improviso acaba por ser sempre a cerejinha no topo do bolo :P e não houve cerejas pra ninguém. Se calhar não tiveram tempo de passar ali no Fundão pra comprar umas quantas. É pena :P

Mas apesar disso, sempre maravilhosa aquela sensação de ouvir as vozes todas em uníssono a cantar músicas que nos trazem a lagriminha ao canto do olho (:

Sortuda :P ***

Criss disse...

Mia, acredita que valia mais nessas músicas pelas pessoas do que por eles xD

joana disse...

Olha não conhecia Anna Calvi... estranha-se de
inicio.